Escleroterapia: saiba mais sobre o tratamento de varizes com espuma

Você sabe o que é a Escleroterapia? Se a resposta foi ‘não’, fique tranquilo. Este texto vai explicar detalhadamente sobre um dos tratamentos mais conhecidos e eficazes contra varizes.

O QUE SÃO AS VARIZES?

A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) aponta que “as varizes são veias superficiais anormais, dilatadas, cilíndricas ou saculares, tortuosas e alongadas, caracterizando uma alteração funcional da circulação venosa do organismo, com maior incidência no sexo feminino”.

No sita da SBACV frisa-se que “podem acarretar também flebite, inflamação dolorosa das veias, levar ao escurecimento da pele com o passar dos anos, eczema e hemorragias (sangramentos espontâneos), culminando com a úlcera varicosa (feridas de difícil cicatrização)”.

As principais reclamações dos pacientes que sofrem com as varizes são: dores, sensação de pernas pesadas, ardência e inchaço.

Tire suas dúvidas, perca seus medos, saiba como são feitas as aplicações, qual o valor médio, quanto tempo deve-se ficar de repouso e muito mais!

ESCLEROTERAPIA COM ESPUMA: O QUE É?

A pergunta básica de todo paciente que desconhece o tratamento é: ‘o que é a escleroterapia?’.

De um modo superficial, é o método onde varizes e vasinhos com até 2 milímetros são eliminados totalmente. Acima destas dimensões pode não haver grande eficácia, mas, ao menos, diminuirá o tamanho.

O paciente deve passar por um ecodoppler, ou seja, uma ultrassonografia feita para que o profissional encontre as veias doentes e seus níveis de insuficiência. Junte isso à ecografia, que é fundamental para que a evolução das micropartículas dentro das veias seja acompanhada, e o processo preliminar está pronto.

Devemos lembrar que é necessário um pedido do cirurgião vascular para que o procedimento da escleroterapia ocorra – e o mesmo não substitui certas intervenções cirúrgicas.

COMO FAZER APLICAÇÃO DE VARIZES COM ESPUMA?

Para a aplicação, o cirurgião vascular utiliza o medicamento polidocanol em forma de espuma. Esta substância já foi estudada como anestésico local, mas obteve maior eficácia no tratamento vascular.

A aplicação de varizes com espuma consiste em misturar líquido esclerosante, ar e agitá-los. Assim, pode-se preencher as varizes e vasinhos através da seringa. Outra possibilidade de como tratar varizes com essa técnica é com o auxílio de um aparelho de ultrassom.

APLICAÇÃO DE VARIZES COM ESPUMA TEM RISCO?

O tratamento de varizes com espuma é bastante seguro e com baixíssimo risco à saúde.

Ainda assim, é comum que o paciente sinta ardência, note inchaço ou vermelhidão no local. Estes sintomas devem sumir em questão de horas.

Relatos raros de consequências mais severas já ocorreram, como trombose venosa, embolia, reações alérgicas graves, feridas de cicatrização demorada e hiperpigmentação.

QUAL O VALOR DO TRATAMENTO DE VARIZES COM ESPUMA?

Os custos terão oscilação, pelos seguintes motivos:

  • Qualificações do cirurgião;
  • Local onde será realizado o procedimento;
  • Órgãos regulatórios;
  • Tipo da escleroterapia;
  • Adição de outras técnicas.

Em média ficará entre R$ 300,00 e R$ 1.000,00 por sessão.

O procedimento dura cerca de meia hora e o intervalo entre as sessões é de uma semana. Indicam-se no mínimo dez sessões, mas esta quantidade dependerá da gravidade e quantidade de veias.

QUANTO TEMPO DE REPOUSO APÓS APLICAÇÃO DE VARIZES?

É um tratamento ambulatorial com diversas vantagens. Como, por exemplo, dispensar internação ou hospitalização.

Sua realização é feita em consultórios ou clínicas e tem uma baixa agressividade cirúrgica. A necessidade de anestesia é nula, assim como a perda sanguínea, cicatrizes e o repouso.

Recomenda-se ao paciente esperar entre 24 e 48 horas para a prática de exercícios e uso de protetor solar fator 30 ou acima.

TIPOS DE TRATAMENTO DE VARIZES

Além do tratamento de varizes com espuma, outros métodos conhecidos são:

  • Escleroterapia líquida: procedimento que utiliza substâncias como Ethamolin, Glicosa Hipertônica, dentre outras;
  • Escleroterapia a laser: diferentemente das anteriores, a escleroterapia a laser vai cauterizar os vasos. Deve ser trabalhada em conjunto com a líquida e a com espuma e não é recomendada para pessoas muito bronzeadas ou de pele negra.

DICAS PARA EVITAR AS VARIZES

Métodos simples poderão te ajudar a evitar as varizes. Confira a lista abaixo, veja quais você já faz e quais precisa começar:

  • Esteja sempre dentro de seu peso ideal;
  • Tenha uma dieta com muitas fibras;
  • Mantenha-se ativo (não acumule muitas horas parado, seja sentado ou em pé);
  • Evite utilizar cintas abdominais apertadas;
  • Caminhadas e exercícios físicos são fundamentais (sempre com acompanhamento de um profissional);
  • Não fume;
  • Utilize meias elásticas (se estiver grávida, aumente esta frequência);
  • Anticoncepcionais apenas em último caso;
  • Faça consultas regulares com angiologistas ou cirurgiões vasculares.

Os alimentos que ajudam neste processo são os ricos em vitamina C e os antioxidantes. Portanto, abuse de frutas vermelhas, damasco, morango, ameixa, pêssego, cebola e alho.

Tem outras dúvidas a respeito de tratamento de varizes com espuma? Entre em contato conosco e nossos profissionais entrarão em contato com você o mais rápido possível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *