Categorias
Sem categoria

Implante dentário: significado, dicas

Perder um ou mais dentes é uma situação que pode gerar, além de problemas bucais, um grande impacto na autoestima e na autoconfiança do paciente. Para evitar que essas situações aconteçam, o comércio odontológico disponibiliza diversos exemplares de implantes dentários que oferecem resultados excelentes.

Perder um ou mais dentes é uma situação que pode gerar, além de problemas bucais, um grande impacto na autoestima e na autoconfiança do paciente. Para evitar que essas situações aconteçam, o comércio odontológico disponibiliza diversos exemplares de implantes dentários em bh, que oferecem resultados excelentes.

O que é um implante dentário?

O implante dentário é um desfecho para substituir um ou vários dentes perdidos por cáries, doenças gengivais, traumas e outros problemas. Ele permite redimir as funções dos dentes naturais, melhorando a mastigação, a fala e a estética do sorriso, o que contribui também para a autoestima do paciente.

A técnica é realizada por meio da aprendizagem de um pino de titânio no osso maxilar ou mandibular. Esse pino age como a raiz do dente e funciona como uma base de apoio para as próteses dentes artificiais de resina ou loiça que substituem os dentes perdidos. Por serem rosqueadas e permanecerem firmes, os próteses sobre implantes são mais seguras do que os próteses removíveis, por exemplo.

Por que ele é necessário?

O implante dentário não é uma resolução puramente estética. Apesar de esmerilar significativamente a autoestima do paciente, essa alternativa também é confirma por diversas questões funcionais, como a melhora da fala e da mastigação. Além disso, quando ocorre um desaparecimento dentária, o paciente pode padecer com desajuste na dentada, isso porque os dentes que estão ao lado desfraldem a se deslocarem para o espaço, o que pode partir em perdas de mais dentes e problemas na ATM.

Como é feito o procedimento?

A colocação do implante é uma moderação cirúrgico, por isso, só deve ser realizado por um cirurgião dentista. O primeiro passo é a despoluição completa da boca e, em acompanhamento, é aplicada a anestesia local na área.

Para a prática do procedimento, a cirurgião dentista faz uma abertura na gengiva para abraçar o local abaixo da arcada dentária. Por meio desse corte, ele acessa o osso que andará como base do implante. Utilizando uma ferramenta específica, é feita uma pequena perfuração no osso, para que o pino de titânio seja encaixado até que fique completamente firme. à final da cirurgia, quando forçoso, é feita a costura da região da gengiva.

A cirurgia de implante dói

De modo geral, a colocação do implante não é um curso doloroso. A parte mais sensível, que poderia sofrer com a compostura, seria a gengiva, no entanto, essa região permanece anestesiada durante toda a cirurgia. Já o osso em que é feito o furo conta com pouquíssimas inervações, o que resulta em um processo experimentalmente livre de dor.

Ainda assim, o cirurgião pode amoestar uma injeção de anti-inflamatório duas horas antes da cirurgia e medicar o enfermo com analgésicos e antibióticos no pós-cirúrgico.

Como é o pós-operatório?

Apesar de parecer um comportamento complexo, a verdade é que o pós-operatório da cirurgia de implantação é bem simples, em que época seguidas as orientações corretamente. O ideal é que, após a cirurgia, o paciente vá para casa e permaneça em repouso por, pelos menos, um dia. Isso é graúdo porque o descanso faz com que a circulação fique mais lenta, o que desdenha o risco de dores. É necessário também que o paciente durma com a cabeça mais alta do que o aspecto e evite cuspir ou executar bochecho para evitar sangramentos. Esforços físicos, exposições ao sol e demonstrar demais também são experiências que devem ser reduzidas. Além. disso, para ajudar na ação de cicatrização, não é concedido ingerir alimentos duros e quentes. A dieta ideal inclui sorvete, gelatinas e sopas frias. No caso de dores e infecções, a dentista pode receitar, ainda, analgésicos e antibióticos para auxiliam-te na recuperação completa.

FONTE: https://g1.globo.com/

FONTE: https://www.r7.com/

FONTE: https://www.terra.com.br/noticias/

FONTE: https://noticias.uol.com.br/