Categorias
Sem categoria

PROTESE DENTARIA

As próteses são uma alternativa para devolver ao paciente o seu satisfação, e similarmente reformar a ofício mastigatória. Não obstante, a dúvida antes de mudar por qualquer tipo de técnica odontológico é muito comum, e no momento em que se trata de solucionar um caso de dente transtornado, isto não é distinto. Dessa forma é comum que as indivíduos queiram saber mais sobre como funciona este tipo de tratamento, e a profissional em implantodontia Daniela Balthazar te conta tudo que você necessita saber sobre.


OS DISTINTOS TIPOS DE PRÓTESE

Acesse Aqui: Conheça Clínica Odontológica BH


Ao despossar um dente, a primeira coisa que passa pela cabeça é experimentar solucionar o dificuldade o mais acelerado possível. Porém para isto, é necessário saber os tipos de prótese que há e frequentar com um profissional para supervisionar qual é o mais recomendado para o seu caso. De acordo com Daniela, há as próteses fixas e as próteses móveis (removíveis), sendo que ambas são capazes de ser tanto convencionais – ou seja, sem implantes – quanto sobre implantes. A profissional explica um pouco mais sobre cada um desses tipos a seguir:


Próteses totais (dentadura): Como este tipo de prótese é levadiço e apoiada nas gengivas, a cirurgiã-dentista explica que ela não pode reformar a ofício da mastigação com a mesma eficiência que uma estrutura fixa sobre implantes, uma vez que ela se movimenta ao longo a mastigação. “ Além disso, a prótese apoiada na gengiva pleito reabsorção óssea progressiva e pode, com o tempo, ficar sem acúmulo, dificultando também mais o seu utilização.”


Próteses parciais sem implantes: A ofício delas é trocar somente alguns dentes faltantes, apoiando-se em mais com “grampos”. Não obstante, Daniela destaca que as móveis evidencia a dano de sobrecarregarem os dentes no qual se apoiam, podendo provocar sua quebra, mutabilidade e pospositivo redução. “ Além disso, assim como as dentaduras, elas precisam ser removidas para saneamento, podendo provocar encabulamento ”, conta. Por outro lado, as próteses fixas convencionais sem implantes similarmente evidencia um pior: o erosão dos dentes vizinhos (que são capazes de estar intactos) para proporcionar a sua posto.


Overdentures: Na execução, as overdentures são próteses totais (dentaduras) retidas por implantes, que são instalados primeiro nos ossos maxilares. Não obstante, embora de estarem encaixadas nos implantes, elas precisam ser removidas depois de as refeições para que a saneamento seja realizada. “ Também possui o pior de que as peças conectoras da prótese desgastam-se com o utilização e precisam de troca periódica”, acrescenta a profissional.


Próteses fixas com implantes: Nos dias de hoje, este é o tipo de prótese que mais agrada aos pacientes, em razão de elas oferecem muitas benefícios em correlação aos mais tipos, deixando o tratamento com um fachada mais natural.

“ Como o instituição funciona como uma raiz dentária artificial, e é uma estrutura fixa, nos dias de hoje é a saída que melhor substitui, e de forma mais devotado, ou seja, com maior confrontação e durabilidade, os dentes perdidos”, explica.
Além disso, a dentista também destaca que para todos os casos pode ser preciso o utilização de uma prótese provisória até que a definitiva fique pronta, especialmente em regiões anteriores, para não casar a plástica.

Rede Sociais: https://www.facebook.com/G2-Portal-de-Noticias-103955877864969/ https://twitter.com/g2portaldenoti1


COMO É REALIZADO O TÉCNICA PARA COLOCAR AS PRÓTESES?


De acordo com isto vai sujeitar-se bastante do tipo de prótese, porém é fundamental ter em mente que constantemente será preciso um preparo prévio da região bucal para o técnica. “Se for uma prótese sem implantes e levadiço, geralmente este preparo é mais simples e segue-se uma moldagem para fabricação da canhão, seguida de uma prova e pospositivo instalação com aprovação da plástica pelo paciente ”, conta.

Já em casos de próteses fixas sem implantes, há o erosão dos dentes adjacentes ao lugar a ser cumprido com a prótese, como já foi mencionado antigamente. Por último, as próteses com implantes, é preciso aguardar o tempo de cicatrização dos mesmos para que seja feita a moldagem e, sucessivamente, acontece a instalação da prótese.


HÁ CONTRAINDICAÇÕES?


Assim como nos demais procedimentos que envolvem a oco bucal, há algumas contraindicações para a posto das próteses. Embora de relativas em alguns casos, há elementos comuns a elas, especialmente no momento em que o paciente não tem um bom estado de saúde bucal. “As contraindicações são capazes de estar ligadas a elementos como incendimento gengival causada por higiene oral inadequada, enfermidade periodontal, redução óssea, mutabilidade dental e complicações de saúde maior parte.

FONTE: https://www.r7.com