Categorias
Sem categoria

Escova Dentes Bebe 2 Anos

A formação de os dentes saudáveis e resistentes a cáries no futuro depende muito da alimentação do seu filho na infância. Os primeiros dentes do bebê foram, na realidade, formados quando ele ainda estava dentro da sua barriga, portanto, devem depender da sua alimentação.

Agora, cabe a você tomar os cuidados necessários para garantir que os próximas dentes nasçam fortes e os que já germinaram se continuem bem.


Dentes fortes à vista


É muito importante certificar que seu filho prossiga ingerindo uma boa relevância de cálcio e de vitamina D (substância que ajuda o organismo a fixar melhor o cálcio usado na formação de retirar os ossos e dentes).

Se ao desmamar o bebê você compreender que ele está ingerindo menos leite, complemente a alimentação com outros lacticínio como iogurte natural e queijos.

Preste atenção também na quantia de flúor que seu filho ingere. Esse mineral é fundamental para fortalecer o esmalte dos dentes e resistir às cáries. Mas, algumas vezes, o excesso de flúor pode levar ao aparecimento de marcas esbranquiçadas nos os dentes — um problema conhecido como fluorose dentária.

Lembre-se de que a água da torneira dos grandes empresas urbanos costuma ser fluoretada, o que já contribui para a exposição natural das crianças ao flúor.



Algumas crianças são particularmente com maior possibilidade a sofrer de cáries, e, nestes casos específicos, os dentistas tendem a indicar o uso de suplementos à base de flúor (geralmente na forma de bochechos), além do creme dental. Assim sendo, não dê flúor extra para seu filho sem dialogar, com um cirurgiao dentista antes e aparentemente  avaliar a necessidade ou não do suplemento.

Em casa, faça um esforço para que as crianças não adquiram hábitos que são verdadeiros inimigos dos os dentes saudáveis, como tomar sucos e comer doces entre as refeições. A melhor hora para servir sucos é durante as refeições, em um copinho, pois a criança tende a passar menos tempo com ele na boca.

Ir para a cama com a mamadeira também não é importante pois o açúcar do leite vai ficar Localizada  na boca durante a noite toda.


Mantendo os dentes limpos


Escovar os dentes é um hábito que tem que ser englobado à rotina de seu filho através do  menos duas vezes por dia, de manhã e à noite, antes de dormir.

O objetivo é limpar todos os restos de alimento que ficam em cima ou entre os dentes. Use uma escova pequena e de cerdas macias, com uma relevância de creme dental com flúor da rampa recolhida semelhante ao tamanho de um grão de arroz.

Faça movimentos circulares e evite que seu filho se acostume a esfregar a escova de um lado para outro. Isso não só não limpa os dentes como também pode machucar as gengivas.


Não se esqueça de escovar a parte de trás dos dentes também.

Veja como escova os dentes de bebe,Clique aqui nosso site


Limpar bem os dentes de uma criança é algo mais fácil de falar do que de fazer. A verdade é que se seu filho deixasse você olhar com tranquilo a boca dele, sob boa luz você se surpreenderia com a relevância de pedacinhos de alimentos que insistem em ficar ali, mesmo depois de uma boa escovação.

Tente fazê-lo colaborar, abrindo bem a boca e deixando o mais parada possível. Se tática como copiar você ou deixar que ele escove os próprios dentes por um tempo não atuam mais, teste ter um espelho por perto. Seu filho poderá se animar a olhar o interior da boca e até dar nome aos dentes, enquanto você usa a escova.

Sim, já que a ingestão de muito creme dental enquanto os dentes do seu filho estão se formando pode levar à fluorose dentária, que provoca marcas brancas no esmalte. Além disso, engolir uma maior relevância de pasta pode ocasionar até intoxicação.

Para evitar uma situação assim, Conserve o tubo de pasta fora do alcance das crianças. Alguns pais optam evitar pastas com sabores adocicados, claramente para que os filhos percebam ou entendam que não se trata de uma comida.



Quando é que uma criança pode escovar os dentes sozinha?


Quando ela demonstrar interesse deixe ela insistir sozinha, levando como se deve fazer: com pequenos movimentos circulares e não esfregando de um lado para outro. De qualquer forma, especialistas acoselham que você supervisione seu filho até pelo menos os 7 anos de idade, quando ele precisará ter a assertividade necessária para fazer uma boa limpeza dos dentes.

Escove seus dentes junto com seu filho, já que esta é uma forma divertido de direciona-lo a escovar corretamente.


O que fazer em relação aos doces


Não dê doces e balas a seu filho antes que ele descubra, que eles existem. Muitas famílias que não têm o hábito de comer doces e cujos filhos não têm amigos mais velhos conseguem evitar esse tipo de alimento até o segundo aniversário. Vale a pena insistir pois se o resto da dieta do seu filho for equilibrada esse período sem doces vai auxiliar os primeiros dentes a aparecem e crescerem mais fortes.

Mas um dia os doces virão, não tem jeito. As crianças acabam percebendo as lindas embalagens no supermercado, assistindo a comerciais feitos precisamente para elas e reparando nas outras crianças se alimentando suas balas e chocolates preferidos.

Porém, não há incertezas de que os doces não fazem bem para os dentes de seu filho. Dentro da boca, o açúcar refinado se torna um ácido que “ataca” o esmalte dos dentes. Isso quer dizer que, cada vez que a criança come um doce, os os dentes ficam propicios à cárie. Quanto um tanto  vezes por dia isso ocorreu e quanto mais tempo o açúcar permanece na boca, maiores as chances de desenvolver cáries.

Mas se você souber lidar de maneira real com doces e outras fontes de açúcar, pode ser que o tema proposto nem vire um extrema problema na vida de vocês.

Passar o dia com um copinho ou uma mamadeira de suco pode ser tão prejudicante para os dentes como um pedaço de bolo de chocolate. Portanto, é muito mais razoável dominar todos os tipos de alimentos açucarados do que coibir certos doces e deixar que seu filho coma outras coisas que também contêm açúcar.



Alimentos doces que são ingeridos muito rápido são os menos nocivos porque o ácido que é produzido deixa a boca antes que comece a ter efeito sobre o esmalte dos dentes. Assim, uma fatia de bolo ou um pedaço de chocolate depois do almoço são menos arriscados do que um pirulito que pode passar a tarde toda na boca da criança.

Balas e outras bolachas que grudam nos dentes são as piores, pois às vezes resistem até a uma boa escovação. Infelizmente, alguns alimentos mais saudáveis, como passas e outras frutas secas, também tendiam a manter-se entre os dentes por mais tempo.

Tente oferecer como alternativa, na hora do lanchinho, pedaços ou fatias de queijo, frutas frescas ou palitinhos de de legumes como cenoura, aipo ou erva-doce.

E quando por fim seu filho chegar à fase em que não abre mão das balas, escolha bem o tipo que vai oferecer e fiscalização a maneira como a criança come. As menos ruins são aquelas que desmancham muito rápido na boca ou os chocolates.

Tente fazer com que seu filho coma tudo em um rápido intervalo, em vez de passar horas com os guloseimas Uma boa maneira de neutralizam o açúcar é dar um pedaço de queijo ou um pouco de leite assim que possível.

Visitas ao dentistaHoje em dia, os melhores trabalhador  dão muita atenção à saúde de prevenção e não simplesmente ao tratamento de problemas que já aconteceram. Por isso, não espere até que se destaque a primeira dor de dente da criança para levar uma criança ao dentista.

Tente ir com seu filho ainda bebê, quando você tiver uma consulta, assim ele já vai se habituando ao Ambiente  do consultório ou leve-o assim que os primeiros dentinhos aparecerem.

Não caia na tentação de construir que os dentes-de-leite não merecer  cuidados porque vão acabar caindo. A maioria tem quase uma década de trabalho pela frente, e a saúde deles é fundamental para que os dentes permanentes também sejam saudáveis e tenham espaço suficiente para nascer.