Categorias
Sem categoria

Cirurgia Plastica: Barriga

A lipoaspiração é mais especialmente indicada para quem precisa remover a gordura localizada na parte inferior do umbigo, exelente ou nas laterais do abdômen, mas que não precisa Retirar o excesso de pele.

Nesse tipo de tratamento estético podem ser tirados acumulos de gordura, melhorando o contorno corporal, mas para que tenha o efeito desejado, a pessoa deve estar próximo do seu peso ideal, para que o resultado fique proporcional.

Como é a recuperação: A lipoaspiração dura cerca de 2 horas e a restauração é de aproximadamente 2 meses, sendo necessário fazer sessões de drenagem linfática, no mínimo, 3 vezes por semana para retirar o excesso de líquidos, e usar cinta para que não fiquem marcas no abdômen, nem se forme pontos de fibrose, que são partes mais duras e que podem deixar a barriga com uma visual ondulada.

Nesse procedimento, o cirurgião plástico também pode costurar o músculo reto abdominal para deixar a barriga ainda mais durinha, evitando o diminuição desse músculo, que pode gerar a diástase abdominal, muito comum depois da gravidez.

Na lipoescultura o cirurgião plástico retira a gordura localizada da barriga e estratégias coloca essa gordura em outro local do corpo, a fim de melhorar o contorno corporal. normalmente a gordura retirada do abdômen é colocar nas coxas ou glúteos mas o resultados podem ser vistos após cerca de 45 dias depois do procedimento.

Esse tratamento estético também precisa de cuidados no pós-operatório para que tenha os resultados esperados, e por isso é necessário usar cinta em todas as áreas tratadas e realizar drenagem linfática para retirada o excesso de líquidos que se formam nestas regiões.



A abdominoplastia é particularmente indicada para Retirar a gordura localizada e o excesso de pele que ficou após uma grande perda de peso. Esse procedimento requer mais cuidados que a lipoaspiração mas pode ser feito quando a pessoa ainda não está dentro do seu peso ideal. Saiba mais: Como funciona a recuperação

A abdominoplastia modificada é aquela onde a região de gordura e pele que serão retiradas encontram-se somente na região localizada abaixo do umbigo. É particularmente indicada para pessoas que conseguiram emagrecer e chegar ao peso ideal, mas que ficaram com uma barriga flácida, semelhante. a uma ‘pochete’.

Como é a recuperação: depois da cirurgia é preciso usar cinta e fazer escoamento linfática no primeiro, e no Conforme mês. Normalmente o resultado final pode ser visto após 1 mês do procedimento.

Na mini abdominoplastia é realizado um corte apenas na região inferior do umbigo, mais próximo do púbis, o que pode ser útil para remover o acumulo de gordura nesse local ou para corrigir cicatrizes, com a da cesaria ou de outro procedimento estético.

A restauração aqui é mais rápida porque a região a ser tratada é menor, no entanto, também requer os mesmos cuidados, com o uso da cinta e as sessões de escoamento linfática no primeiro mês após a cirurgia.

Como é a recuperação: Como aqui a intenção é a correção de uma cicatriz, os resultados podem ser vistos a partir da 2ª semana, que é quando a região fica menos inchada e pode-se observar o contorno da nova cicatriz, que apesar de ser maior e ir de um lado ao outro do corpo, é mais fina, e deverá ficar imperceptível com o passar do tempo. comumente após 6 meses a 1 ano da correção, a pessoa já encontra apenas uma linha fininha no local da antiga cicatriz.

Como é a recuperação: Não é muito demorada quando a área trabalhada é menor, mas quando o médico optar por fazer uma abdominoplastia completa com uma lipoescultura no mesmo procedimento a recuperação pode ser mais demorada e a pessoa pode precisar de ajuda diariamente para se vestir, ir ao banheiro e tomar banho por mais de 1 mês.



Além dessas opções o médico poderá ainda incorporar técnicas num mesmo procedimento cirúrgico e por isso ele poderá optar por fazer uma lipoaspiração na parte superior e lateral do abdômen e depois fazer somente uma abdominoplastia modificada, por exemplo.

A melhor forma de saber qual o tratamento ideal para cada pessoa é indo numa consulta com o cirurgião plástico, que poderá indicar as áreas que podem ser tratadas e as opções de tratamento disponíveis.